#Resenha O lado Bom da Vida

11 fevereiro 2014

Apesar de ser um título que já está nas livrarias há um tempo, e já ter até a versão cinematográfica e tudo mais, hoje trago a resenha de um livro diferente e divertido, que vale a pena ser lido (ou, relido): "O Lado Bom da Vida"

Sinopse:
Título Original: The Silver Linings Playbook

  Autor: Matthew Quick

  Editora: Intrínseca
  Páginas: 256  Ano: 2013
Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados".
Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.



Resenha: 
O Lado bom da vida” é uma trama narrada por Pat Peoples, um homem cujo um desencadeamento de alguns problemas psiquiátricos o leva a passar um tempo internado no “lugar ruim” (como ele mesmo o nomeia), por motivos os quais ele não recorda, e ninguém nunca quer tocar nesse assunto com ele, mesmo depois que sua mãe o retira dessa clinica e o leva para sua antiga casa a fim de que ele possa melhorar.
Sua mãe monta, praticamente, uma academia particular em seu porão para que Pat possa malhar, uma vez que ele está viciado em exercícios, para melhorar sua forma física e reconquistar sua ex-mulher, Nikki, com quem está no “tempo separados” desde que foi para o “lugar ruim”.
Além dos exercícios, Pat começa a ler todos os livros que Nikki costumava indicar aos seus alunos em seu programa de literatura, e treina “ser gentil ao invés de ter razão”, para que Nikka veja que ele mudou, e que quer seu um homem diferente, melhor do que costumava ser.
A narrativa mostra o tempo todo que Pat encontra-se num estado psíquico dúbio e confuso, onde ele repete muito os fatos e a maneira como lida com eles. Como as constantes corridas pelo bairro. Os jogos dos Eagles, que é a ponte para que seu pai volte a falar com ele, mas apenas em caso de vitória dos Birds. E a repulsa e o medo que ele sente por Kenny G, e a contagem de zero até dez que faz sussurrando, de olhos fechados, toda vez que ouve as notas da música do Sr. G.
Pat conta ainda com o apoio de seu irmão (Jake Peoples), seu amigo Ronny, seu novo psiquiatra Cliff, e Tiffany (cunhada de Ronny), que apesar de passar por momentos de profunda depressão e crises de agressividade desde que seu marido morrera, se torna a única pessoa que entende, de uma forma estranha e até mesmo distorcida, os sentimentos de Pat.
“... Não quero ficar no lugar ruim, em que ninguém acredita no lado bom das coisas, no amor ou em finais felizes...” é praticamente o lema de Pat e de “O lado bom da vida” mas é uma trama que foge do estereótipo de ‘história meiga e melosa’, pois é cheio de desfechos inesperados e mostra o tempo todo como enxergar a felicidade e o lado bom nos momentos mais difíceis e tristes que a vida nos trás, que não são poucos. 
É uma leitura leve e gostosa, fácil de ser lida a qualquer momento, apesar da repetitividade do personagem central que a narra (mas isso faz parte da construção da trama).
E ainda temos a versão cinematográfica do livro, não posso tecer comentários, pois ainda não assisti, mas segue o link do trailer oficial (e sim, já tem muitas diferenças entre o livro e o filme... rs...).

http://youtu.be/FM3S4GBlwYA

Natália Schimpf

18 comentários:

  1. Feliz!!! Minha primeira resenha!!!! =D
    Espero que gostem...

    Bjooo
    Naty

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha ^^ eu vi o filme e adorei mais eu lendo o livro pra saber qual é melhor. Quer dizer o livro é sempre melhor rsrsrs

    http://livrosseriesemelodias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha Natalia! Que venham muitas por aí :)


    Beijos
    Débora - Clube das 6
    http://www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu ganhei esse livro numa promoção, mas o blogueiro nunca me mandou :( Queria ler

    Abraços
    David Andrade
    http://olimpicoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nath, eu simplesmente AMO esse livro! :D Gostei muito da sua resenha de estreia.
    Sobre o filme, eu me decepcionei um pouco. A estória é TOTALMENTE outra e gosto mais do jeito de ser do Pat no livro, mas quando assistir me conta o que achou.

    Beijo
    Mariana | Sem querer me intrometer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, percebi pelo trailer que mudou um pouco... rs.. mas vou tentar assistir esse fds... vamos ver... rs...

      Excluir
  6. Este eu ainda não li...mas prefiro sempre o flivro ao filme, filme até pelo formato precisa de adaptações o que às vezes acaba não saindo tão bom quanto o livro... Sua resenha deixou aquela vontadezinha boa de ler! Vc escreve muito bem!
    Te desejo uma semana especial!
    Alessandra Ramos
    FB
    Blog Diva Todo Dia

    ResponderExcluir
  7. Oieee, ainda não li o livro, só vi o filme, mas achei o filme mais ou menos...
    gostei da sua resenha e amei seu blog *--------*

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Tenho muita vontade de ler esse livro,ele parece ser diferente de muitos os que estão sendo lançando ultimamente,gosto de ler histórias confusas de pessoas com problemas são essas histórias que nos mostra na maioria das vezes a realidade.
    Beijo
    http://vinteanoos.blogspot.com.br
    FB

    ResponderExcluir
  9. Maravilhosa sua resenha, não vi o livro, nem tão pouco o filme...mais fiquei mega curiosa. Boa sorte nas demais resenhas, bjs bjs
    http://crismaria2013.blogspot.com.br/
    FB

    ResponderExcluir
  10. Esse filme é lindinho, assiste na semana passada; não tive a oportunidade de ler o livro, apesar de que gosto mais de ler o livro e depois ver o filme, mas com esse não foi possível e como tenho NET o filme já estava disponível, mas gostei muito da história. Para mim é uma história de superação e positividade, afinal problemas e traumas todos nós temos, o difícil é superar e seguir em frente.
    Um beijo.

    FB - www.natimusbeauty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Gente... obrigada pelas mensagens!!! fiquei mto feliz!!! serio!!!! =D

    bjooo

    ResponderExcluir
  12. adoreei a resenha, já tinha ouvido falar desse livro até ja dei de presente , mas ainda não li shaush' ele está na minha lista de compras *-*
    Beijinhos , PinkforPink-FB
    http://pink-for-pink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, gostei muito da sua resenha.
    Também fiz uma resenha sobre "O Lado Bom da Vida" no meu blog, será que você poderia dar uma olha e dizer o que achou?
    Estou seguindo seu blog, se você retribuir ficarei muito agradecido.
    Abraços.
    http://acervodeamor.blogspot.com.br/2014/02/acervo-de-resenhas.html

    ResponderExcluir
  14. Oi adorei sua resenha!.. muito obrigado...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    busca.livrariasaraiva.com.br/saraiva/Reverso
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir
  15. gostei muito do livro, tem uma historia super interessante, fiz uma resenha dele no meu blog, tem varias outras la também. bjjs

    http://kasundry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Esta muito completo este post, obrigado. Muito boa resenha, você me incentivou a ler a história. Recentemente, vi o filme e fiquei fascinado especialmente desde.... Eu sou definitivamente um fã Bradley Cooper e seus filmes não me perder, embora alguns são muito mal feitas. Pela maneira, recentemente eu vi American Sniper, uma proposta que eu recomendo muito para ver.

    ResponderExcluir

Olá fico feliz por ter lido essa postagem, deixe sua opinião :D
Beijos

 
Livros com bolinhos - © 2014. Todos os direitos reservados | Tecnologia do Blogger. imagem-logo